Relacionamento

Falou sem pensar e se arrependeu depois? Saiba quais são as frases tóxicas que podem destruir o seu relacionamento


Algumas palavras tem o poder de transformar tudo em nossa vida, seja para o lado positivo ou negativo. Em um relacionamento, não é diferente, palavras ditas da boca pra fora em discussões, por exemplo, podem levar o término de uma relação de anos.

Segundo o psicólogo Jeffrey Bernstein, palavras como poderia, deveria, teria, criam a sensação de recriminação ao parceiro de uma situação que você não falou para ele, só ficou nos pensamentos.Esses tais argumentos, podem ir prejudicando a relação aos poucos, pois cria uma situação de cobrança, que às vezes, o seu parceiro nem sabe o motivo. Para o especialista, a solução é respirar e com calma tentar argumentos que não vão ser motivos para o término de uma relação feliz.


Alguns exemplos de palavras tóxicas que podem destruir aos poucos um relacionamento:

1- Você nunca ajuda em casa

Se pergunte se o outro realmente nunca ajuda ou será que é porque você está cansada de algumas tarefas e quer transferir isso para alguém. O melhor modo é de um jeito mais carinhoso, sentar e conversar que a ajuda em casa será um modo de passar um tempo juntos, seja lavando uma louça ou arrumando a sala, uma possibilidade de conversar sobre algum assunto interessante durante a tarefa.

2- Você é péssimo

Essa frase já é bem conhecida, passa por gerações em qualquer casal. A forma de agressão verbal com essa frase, pode deixar o parceiro com uma baixa auto estima, dando a impressão dele não ser o suficiente.

Não veja só os defeitos, as qualidades são sempre bem-vindas na relação.

3- Você é como fulano

A comparação do parceiro com alguém, principalmente com uma pessoa que não é bem vista, o deixa com sentimento de incapacidade e fracasso. Ações semelhantes acontecem, mas não é necessário ficar expondo toda vez que alguma briga acontece.

4- Odeio quando você faz isso

Expor só os defeitos do parceiro em momentos de tensão, o deixa pensar que você já não gosta mais dele como no início da relação. Falar esse tipo de frase, não faz ele mudar as atitudes, só mostra que você está insatisfeita com ele. Mudar esse argumento para uma forma mais delicada, como uma sugestão para ele mudar em alguns aspectos, ajuda muito.

A troca de palavras é uma ótima sugestão, como no “você deveria ter feito algo” por um argumento mais dócil e gentil como “não seria melhor se fizesse assim“, pois isso cria um modo de pensamento conjunto com seu parceiro, uma ajuda ou sugestão, e não uma recriminação.

A forma de falar com qualquer pessoa que seja, pode transmitir vários sentimentos e reações boas ou ruins. Falar com a cabeça quente, não ajuda a resolver pois com certeza, depois irá bater aquele arrependimento, então a melhor opção é pensar muito bem antes de falar. O psicólogo afirma que os hábitos antigos precisam de um tempo, esforço e dedicação para serem perdidos, mas quando a mudança ocorrer, a recompensa será de uma relação duradoura e feliz, sem mágoas.

Viver a dois é complicado, pois são dois pensamentos diferentes e quando não há a aceitação de um desses pensamentos, causa na maioria das vezes, uma certa irritação, que nos leva a falar coisas que não queremos, mas devemos aprender a ter paciência e aceitar que não somos e nem agimos iguais, cada um tem seu tempo e forma de agir nas situações, não podemos impor que o nosso pensamento sempre é o certo, desse jeito, a convivência a dois fica mais tranquila e o amor aumenta cada vez mais.

Fontes: vix /  blastingnews / familia
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novidades

Topo